Quem Somos?

Desde 2004 a JLeiva Cultura & Esporte estuda, produz e divulga contribuições para o debate sobre diferentes aspectos da atividade cultural do Brasil. Nosso primeiro trabalho mapeou equipamentos culturais de cerca de cem municípios do Sul e do Sudeste. Nesses quase quinze anos de consultoria para produtores, patrocinadores e instituições públicas e privadas, já realizamos análises sobre cinema, teatro, museus, circo, leis de incentivo, produção cultural de alguns estados e cidades, projetos educativos, desenvolvimento de público, formação de profissionais para a área da cultura, entre outros. Em comum, esses estudos tiveram a preocupação de organizar dados e gerar informações que pudessem ser úteis para quem trabalha e investe em arte, cultura ou entretenimento.

Em 2010, em parceria com o Datafolha, realizamos no estado de São Paulo nossa primeira pesquisa que deixou de lado a produção para dar maior atenção ao público. Procuramos seguir uma tradição de estudos originada na França, na segunda metade do século passado, e que ganhou fôlego a partir da virada do milênio. As pesquisas que procuram acompanhar o acesso da população a atividades culturais são feitas hoje, em diferentes periodicidades, na Espanha, na Alemanha, no Reino Unido, no Chile, na Argentina e em algumas cidades dos Estados Unidos. A própria União Europeia inclui regularmente as atividades culturais nos estudos que faz em todos os países do bloco.

O conteúdo e a metodologia das nossas pesquisas seguintes beberam de várias dessas fontes, mas com uma diferença importante: nos modelos do exterior, os levantamentos são quase sempre de âmbito nacional, enquanto a JLeiva concentrou-se em cidades, em função do tamanho e das disparidades do Brasil e por entender que boa parte do acesso a atividades culturais (shows, teatro, museu, concertos de música clássica, festas populares etc.) se dá no âmbito local.

Fizemos trabalhos desse tipo na cidade do Rio de Janeiro em 2013 e 2015 e, em 2014, em 21 municípios de São Paulo (capital, inclusive), em Belo Horizonte, Salvador, Ponta Grossa, Campo Grande, Niterói, Duque de Caxias, Nova Iguaçu e Barra Mansa.

O presente estudo segue nessa direção, mas busca ampliar a abrangência geográfica, destacando cidades de todas as regiões do país. Nesta pesquisa, aproveitamos a experiência de outros estudos similares realizados no Brasil e coletamos sugestões de perguntas junto a diversos agentes culturais.

O objetivo foi (e continuará sendo) aprimorar os instrumentos de escuta para tentar captar a diversidade daquele sem o qual a produção cultural perde sentido: o público.

Coordenação editorial
João Leiva e Ricardo Meirelles

Editores
João Leiva e Ricardo Meirelles

Revisão
Carolina Chagas,
Thalita Ramalho,
Gisele Lobato

Pesquisa de campo
Instituto Datafolha

Pesquisa e produção
JLeiva Cultura & Esporte:
Felipe Mitsuo,
Carina Shimizu,
Caio Pereira,
Camilla Martin,
Thais Yamaga
PrimaPagina:
Ana Cláudia Barros,
Bruno Meirelles,
Frederico Kling

Desenvolvimento, visualização 
e análise de dados
Tabaruba Design:
Bruno Lemgruber,
Inez Torres, 
Luciana Junqueira